A correção das questões discursivas de História do Brasil na 2ª fase do CACD 2019

Luigi Bonafé • Atualizado em 7 nov 2019 às 21h33Publicado em 6 nov 2019 às 18h03

Mesmo que você não tenha feito a prova discursiva de HB do CACD 2019 e não esteja na correria dos recursos, essa mensagem vai te interessar.

[e se você tá na correria, veja no vídeo como a plataforma gratuita de geração automágica de recursos de HB pode te poupar tempo precioso]

[Recursos automágicos grátis (aberto a alunos e não alunos, de 6 a 8 de novembro de 2019, desde que tenham tido o nome publicado no resultado provisório da 2ª fase pelo IADES): clique aqui!]

Cada vez mais comum é o espanto de candidatos (iniciantes ou experientes) diante de notas em queda livre em HB (pois é, a média caiu mais uma vez).

Se você conhece alguém nessa situação, avisa pra essa pessoa, por favor, que o conteúdo de hoje pode ser muito útil e poupar muito tempo. Se você não está nessa situação, aproveite para começar a entender o que é que os seus futuros corretores estão fazendo e se preparar para o que poderá enfrentar no futuro.

Fiz um vídeo pra explicar, com exemplos concretos, alguns dos critérios de correção da banca em 2019. Também explico como você pode(ria) recorrer contra notas provisórias divulgadas da forma como elas foram tornadas públicas ontem.

Assista que o conteúdo é muitíssimo útil.

 

Recursos automágicos grátis (aberto de 6 a 8 de novembro de 2019): clique aqui!

 

(Está estudando para a fase discursiva de 2020? Então você também vai querer conhecer os Materiais de treino para as provas discursivas do CACD)

 

 

 

Sobre o autor: Luigi Bonafé - aprendacom@luigibonafe.com

Eu sou um professor de História apaixonado pelo desafio de redescobrir o magistério e desvendar a banca do CACD a cada ano. Desde 2007 dou aulas especificamente para quem quer ser diplomata. De lá pra cá, as provas do concurso mudaram muito, e os candidatos também. Como professor, eu fui mudando junto. Desde 2015 passei a lecionar nos cursos teóricos extensivos do IDEG, que ajudaram a revolucionar os fundamentos da preparação para o concurso de diplomata. Desde 2016, em plataforma própria e independente de cursinhos, criei um método de preparação para as provas discursivas de História do Brasil do CACD. E esse método foi aplicado pelos 3 candidatos que tiraram as notas mais altas das provas discursivas de HB em 3 anos seguidos: 2016, 2017 e 2018. Deixa eu te contar um pouco mais dessa história...

Relacionados

Mais lidos

>